ico-filme1-
left-pmundial1

Grupos Políticos Municipais

ps1scma1ppd-psd-1cdu1be1cds-pp1

Calendário de reuniões

loader

140º Aniversário do nascimento de Leal da Câmara (1876-2016)

leal 1

Tomás Júlio Leal da Câmara nasce a 30 de novembro de 1876, em Pangim (Nova Goa). Sob a tutela materna e por força das circunstâncias é em Portugal que se forma como homem e como cidadão rebelde em clara oposição à monarquia, uma causa que eternizou a partir do seu singular talento e inteligência. A caricatura tornou-se no símbolo maior da sua grandeza intelectual.

O desenho editorial imperou no início da sua carreira multifacetada. Neste, o mais importante era o combate político em que tão bem soube usar o seu talento satírico como “campo de batalha” e as suas caricaturas como “armas” que argutamente soube brandir contra um inimigo concretizado na figura da realeza e do clero. A sua causa maior era a de denunciar, apontando e retratando satiricamente, através da imprensa, os responsáveis pela difícil situação socioeconómica em que o país se encontrava.

leal 2

Bastava um retrato caricatura que acentuasse uns defeitos inventando outros mas que facilmente chegasse a todos, desde o mais influente ao mais pobre e mais inculto, manipulando com mestria a curiosidade humana e o gosto que esta revela pela ridicularização alheia.

  leal 3

Em toda a sua versatilidade, o percurso e a obra de Leal da Câmara revela-nos um paisagista de modo e técnicas estilizadas e simplificadas; um retratista sóbrio; um caricaturista inspirador de uma requintada e mordaz ironia; um subtil desenhador deesquissos, decorador de amplas conceções e de um inteligente poder de concretização dos seus trabalhos; um jornalista metódico e objetivo;um pintor crítico, severo e mordaz na cor e no movimento; um professor de ideias modernas, abertas e de atuações livres… No fundo, um homem de maneiras hábeis, de cérebro arguto e, para além disto, um verdadeiro diplomata, um embaixador do nosso País.

  |  Copyright: Câmara Municipal de Sintra 2014