Grupos Políticos Municipais

ps1scma1ppd-psd-1cdu1be1cds-pp1

Calendário de reuniões

loader

Nuno Brilha Anselmo | 40 Anos de Poder Local Democrático

nuno anselmo-750

Para o Papa Francisco o verdadeiro poder, é o poder servir, ora não encontro melhor definição para aquilo que é o trabalho de um Autarca, em particular dos Presidentes de Junta de Freguesia.

Pois os que fizeram desta função uma relação de proximidade entre eleitos e eleitores, servindo com humildade as suas comunidades, ouvindo e discutindo ideias, com o intuito de elencar prioridades, porque tudo é prioritário, para depois decidir o que fazer. Foi assim em finais de 2006 na Freguesia de São Marcos, que muito antes dos orçamentos participativos serem moda, ouvimos as pessoas, e definimos prioridades. Assim concretizámos o Centro Carlos Paredes, vários parques de estacionamento (centenas lugares), mobilidade interna (via S.Marcos – Casal Cotão), parques infantis, espaços verdes e de lazer. Trouxemos maior qualidade de vida através das actividades para os mais novos e para os mais velhos e a proximidade dos serviços prestados em vários locais: como a centralidade das novas instalações na Av. principal em São Marcos; serviços no Centro Lúdico que eram pertença da Camara Municipal até ai; e as instalações no Casal Cotão (com valências de serviços sociais, nomeadamente uma loja social), mas também de afectos, com aqueles que encontramos todos os dias no café ou na rua, e nos abordam por um qualquer assunto da sua rua ou para desabafar por uma qualquer questão pessoal, porque andamos sempre por ai…

Trouxemos para junto de quem precisava a formação para adultos – RVCC, pois esta ocorreu em instalações da Junta no Casal Cotão e em São Marcos.

Criámos um prova desportiva – A milha urbana de São Marcos, que desse também relevância a esta Freguesia no campo desportivo, que desde a primeira edição foi apadrinhada por uma atleta olímpica – Sandra Teixeira (gratos ao Prof. Carlos Silva).

Contratamos quase uma dezena de pessoas com qualificações diversas, desde operários, a administrativas a técnicos de desporto e serviço social, sem os quais nada teria sido possível.

Deixámos pois obra feita!

Fomos sempre independentes, pois colocamos sempre as pessoas que nos elegeram à frente dos partidos que representávamos, mesmo que isso por vezes trouxesse diferenças de opinião com outros interlocutores, como a Câmara Municipal ou os Governos.

Também na questão das linhas de muito alta tensão assumimos sempre uma posição de clara oposição à sua passagem sobre zonas habitacionais. Fomos veementes na forma como nos manifestamos contra aquela reorganização administrativa, mais a mais quando participei com outros autarcas de Agualva Cacém na elaboração da proposta que viria a criar as 4 Freguesias desta Cidade. Infelizmente o Sr. Provedor de Justiça não foi capaz de levar a nossa pretensão ao Tribunal Constitucional, algo que bastava 20 deputados à Assembleia da República faze-lo directamente junto do Tribunal Constitucional.

Uma palavra de apreço ao Prof. Fernando Seara por respeitar a nossa posição, não tendo levado propostas à Assembleia Municipal contrárias aquela que era a nossa posição. Lamento mais hoje que aqueles que à época se manifestavam ruidosamente, se tenham calado face um governo que disse recentemente não ir fazer nada em relação a essa matéria. Fica a sensação que afinal aquilo não passou de puro oportunismo político de ocasião, e que agora se calaram, o tempo se encarregará de esclarecer quem não se calou!

O Poder local constrói-se com aqueles que são independentes face aos outros poderes, e cujo objectivo maior é a realização dos anseios das suas comunidades! 

Nuno Brilha Anselmo

Autarca nas funções

Membro A.M.Sintra (mandatos 1993-97; 2001-2005)

Coordenador Comissão da A.M.S. Obras municipais, segurança e protecção civil (2009-2013)

Presidente de J.F. São Marcos (mandatos 2005-09; 2009-13) 

  |  Copyright: Câmara Municipal de Sintra 2014